Os dias  que se passaram foram cinzas, minhas fotos eram cinzas, faltava algo em mim. Todos os minutos queria largar tudo aqui e partir, ir até ele e dizer que se dane o resto eu quero ter você em minha vida.

   Mas fui covarde, terrivelmente covarde, uma porcaria de uma mulher apaixonada e covarde. com medo de amar e se machucar, com medo  de não ser amada.

   Então eu chorava, todas as noites  dormia após muitas e muitas lagrimas.

   Isso é clichê né ? Ohh ela sofreu de amor...

   Engano seu, eu sofria de uma coisa muito pior que isso, eu o amo é claro, mas sofro de uma coisa muito pior, eu sofro de não saber quem eu sou.

Isso mesmo, sofro por saber que a única certeza em minha vida é quanto ao meu amor por ele  e ainda assim sou covarde por te-lo deixado ir.

E em meu a essa confusão decidi, tranquei a faculdade e sai, fui em busca dos meus sonhos.

 

A distância

    Desde o inicio sabia que distância seria o fim, aliás tudo me dizia que isso iria acontecer,mas  nos primeiros dias as mensagens continuavam sendo iguais, você era doce e carinhoso como sempre havia sido, até que aquela madrugada chegou, tem noção de como foi acordar com aquele SMS? Claro que não, você não sofreu o que eu sofri lendo aquilo, naquele momento senti meu chão cair, me senti explodindo por dentro, mas não chorei, não chorei porque eu sabia que aquilo iria acontecer.

    Continuar aqui acabava comigo a cada dia, e você não se afastava, não me deixava te esquecer,  mas queria ser meu amigo ! E quer saber isso era quase uma tortura, uma tortura pensar no que te falar, apagar os diversos te amo que escrevi, apagar diversas mensagens te dizendo o que eu realmente sentia, mas nunca tive coragem de te mandar, orgulhosa demais pra admitir que eu cai nessa amardilha de amor.

   Quer saber? Isso tudo deixou meu sentimento ainda mais forte, te perder pela segunda vez, me fez entender que eu não queria um futuro com outro alguém, era pra você que eu queria dizer o quanto odiava essa cidade, o quanto era duro continuar aqui, o quanto eu sentia falta do meu lar, o quanto eu queria uma familia pra mim.

   Sim, a garota que nunca sonhou com nada disso, a garota que imaginava que o futuro perfeito seria arrumar um emprego que eu amasse, que fosse importante, independente, agora sonhava em arrumar um emprego perto de você e que não tomasse mais de 8 horas do meu dia, me permitesse preparar almoços para você, jantares especiais, e ter filhos.

    Aaah que sorte a minha se eles tivessem o seu sorriso, mas esse sonho foi destruido no momento em que você admitiu que o seu sentimento não era forte como o meu, que a distância era cruel demais pra você...

 

  Eu que sempre fui de planejar cada passo e derrepente  me encontrei querendo jogar tudo para o alto, até essse momento não tinha acreditado que esse tal amor era capaz de fazer isso com alguém, sim , eu julguei muitas pessoas, "como tu teve coragem de larguar sua carreira por ele " ou " Você abandonou seu sonho somente pra ficar com ela ", ah perdi as contas de quantas vezes os chamei de cegos, loucos e descabeçados.  

   E hoje estou tão louca como eles, essa paixão me consome, me enche de desejos, e o amor que sinto me faz querer realizar todos os sonhos dele, me faz sonhar com um futuro que nunca  passou por minha cabeça!

  Por muito tempo  vivi planejando meu futuro, a carreira ideal, a espera do cara que se encaixasse em tudo isso, mas ele nem de longe é esse cara, e eu sou extremamente feliz, porque ele me transborda.

 

Como tudo aconteceu...

      Bom, não sei dizer exatamente quando aconteceu, pode ter sido naquela primeira troca de olhares, ou quem sabe quando ele sorriu pela primeira vez por mim, mas pode ter sido quando ele me acolheu no seu abraço quente, ou até mesmo quando me deu o primeiro beijo envolvente.

      Queria poder contar com certeza, mas quando se trata de nós dois eu não consigo ter certeza de absolutamente nada ! Eu sou rotina e papel, ele é imprevissivel e deixa que tudo aconteça naturalmente, juntos nos somos completamente bagunçados, mas nele eu encontrei tudo o que sempre quis. 

   Não posso dizer quando eu me apaixonei por ele, mas concerteza posso dizer quando eu soube que o amava, e parece clichê, mas eu soube concerteza quando o deixei para trás, foi ali, quando  cada minuto me afastava mais e mais daquele sorriso que me deixa estonteada...